Grupo GBS passa a aceitar pagamento em moedas virtuais

Pioneira no país, a empresa inova mais uma vez no atendimento ao cliente

A Viação Garcia, empresa do Grupo GBS, iniciam hoje (06), a venda de passagens online via criptomoedas. No país, é o primeiro grupo de transporte de passageiros a aceitar este sistema digital de moeda descentralizada como pagamento.

O grupo optou, em um primeiro momento, por utilizar Bitcoins (BTC), a moeda virtual mais conhecida hoje no mercado. Segundo a direção, até julho, outras duas criptomoedas serão aceitas: a BitcoinCash e a  Litecoin.

Para adquirir passagens via bitcoins, o cliente acessa o site da empresa Brasil Sul (www.brasilsul.com.br) e segue o processo normal de compra online. Na tela de opção de pagamento ele deverá fazer a escolha: pagamento em cartão ou bitcoin.

Ao escolher a opção bitcoin, o cliente deverá abrir sua carteira virtual e escanear o código que aparece na tela do site. Feito isso, é só confirmar e pronto, a compra foi realizada. O voucher será encaminhado ao e-mail do cliente confirmando o pagamento e também o comprovante para o embarque.

A Criptomoeda

As moedas virtuais, as criptomoedas, são uma tecnologia inovadora, que utiliza códigos difíceis de serem quebrados (criptográficos), armazenados em uma rede de usuários descentralizada e transparente (blockchains), o que significa que não há bancos ou outro tipo de instituição financeira regulatória.

Para utilizá-la o usuário tem que ter uma “carteira virtual”, onde serão armazenados os bitcoins (moeda virtual), que serão gerenciados pela internet através do computador ou celular. Cada usuário tem uma chave de segurança (senha) e a moeda virtual pode ser adquirida em reais através de uma plataforma específica de compra, de escolha do usuário.

Serviço de encomendas da Viação Garcia-Brasil Sul ganha mais agilidade de operação e rastreamento

A busca por empresas de transporte para realizar o envio de mercadorias vem crescendo com o aumento do comércio on-line. Em 2020, o e-commerce apresentou crescimento de mais de 70% no país. Com o objetivo de ampliar as opções de envio de encomendas por meio rodoviário, oferecendo pontualidade de entrega, agilidade, flexibilidade de horários, rastreamento e segurança, o Grupo Viação Garcia-Brasil Sul está incrementando os serviços com a implantação de um novo sistema operacional que trará mais agilidade aos processos e ao rastreamento em tempo real.

Além disso, a empresa resgatou a marca H24, criada em 1990 com o compromisso de entregar as encomendas em 24 horas. O H24 passa a atender as principais rotas comerciais das regiões Sul e Sudeste, com as entregas realizadas no endereço do destinatário no prazo máximo de 24 horas. O serviço dispõe da opção de coleta da mercadoria ou do recebimento nas filiais.

Ao todo, são 85 pontos comerciais da empresa para os serviços de coleta e entrega que atendem a 147 cidades. Entre os principais segmentos estão autopeças, medicamentos, automação, confecções, alimentos não perecíveis, material gráfico e cosméticos. Para os cuidados específicos com o transporte de medicamentos, o Grupo possuí registro da ANVISA e cumpre todos os protocolos de boas práticas para o transporte seguro.

“A nossa meta é ampliar a visibilidade dos serviços de encomendas e incentivar a utilização do transporte de mercadorias fracionadas em bagageiros de ônibus, ressaltando os ganhos com agilidade, segurança e confiabilidade”, afirmou Estefano Boiko Junior, vice-presidente do Grupo.

Viação Garcia-Brasil Sul renova frota com veículos Marcopolo G8

Investimento foi de 30 milhões – 24/08/2022

A Viação Garcia-Brasil Sul, reconhecida por ter a frota de ônibus mais nova em operação no mercado, investiu R$ 30 milhões na compra de 31 novos veículos da Geração 8 da Marcopolo, recém-lançada no mercado. Os modelos trazem ganhos expressivos em segurança, tecnologia, conforto e sustentabilidade ambiental.

Para as linhas interestaduais, a aquisição engloba dez modelos Paradiso G8 1800 Double Decker de 56 lugares, sendo 48 poltronas semi leito em couro ecológico com sete estágios de reclinação, apoio mais largo para as pernas com suporte regulável na estatura do passageiro e cortinas de separação entre poltronas, e oito cabines-cama com poltronas que reclinam 180 graus, telas individuais e kit conforto composto de travesseiro e manta com o padrão da rede de hotéis Bourbon.

Para operação em linhas intermunicipais são 12 modelos Paradiso G8 1200 de 42 lugares com poltronas semi leito em couro ecológico e espaço mais amplo para as pernas com suporte regulável. Para fretamento são nove modelos Viaggio 800 com câmbio automático e suspensão de ar. Os veículos, com chassi Mercedes-Benz, vão operar nas linhas da empresa em sete Estados (São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso Sul e Minas Gerais) a partir do final de setembro, sendo que até o final de novembro todos estarão em circulação.

Os veículos dessa nova geração contam com estrutura projetada para garantir maior segurança aos passageiros e motoristas. Os sistemas são altamente tecnológicos, com destaque para frenagem automática e de emergência; auxílio na condução de percursos em curvas; monitoramento interno da pressão e da temperatura dos pneus; análise de objetos até 200 metros com alerta sobre a relevância de cada um; alarme no caso de saída involuntária da faixa de condução; controle eletrônico de estabilidade, entre outros que tornam a condução a mais segura do mercado.

Internamente, os acabamentos de poltronas, corrimão e pega-mão usam materiais antimicrobianos. O sistema de iluminação em LED é configurado para ajustes de cor e intensidade de acordo com as condições naturais da noite e do dia. Outra inovação são os monitores de entretenimento de alta definição. As poltronas permitem várias posições de inclinações, com ajustes mais precisos, de maneira suave e silenciosa. O porta-pacotes ficou maior e o ambiente interno está mais silencioso com acabamentos que reduzem ruídos.

O G8 oferece mais conforto também ao motorista com a nova poltrona de espuma em formato de concha que “abraça” o condutor. Novos faróis, ampliação na visibilidade de obstáculos e sistema de câmeras com visão noturna são outros atributos que conferem mais segurança na condução. O design inteiramente renovado dos veículos trouxe ainda melhoria no coeficiente aerodinâmico, o que proporciona economia de combustível de 3% a 5%, refletindo em ganhos ambientais.

Atualmente, o Grupo trabalha com 60% do movimento mensal em relação ao ano de 2019 e deverá atingir 85% até o final de 2021. Para o vice-presidente do Grupo, Estefano Boiko Junior, esse é o momento de retomada das operações. “Proporcionar conforto e segurança aos clientes sempre foi nossa prioridade”, afirmou. José Boiko, presidente, reforça a importância da adoção dos protocolos de biossegurança. “Não medimos esforços para monitorar todos os pontos de contato e implantar procedimentos seguros de atendimento, incluindo a aquisição da nova frota de ônibus de última geração que trará melhores experiências aos passageiros”.

Sobre o Grupo GBS

Com sede em Londrina/PR, o Grupo Garcia Brasil Sul (GBS), formado pela Viação Garcia, Brasil Sul, Princesa do Ivaí e LondriSul, é o maior do setor de transporte rodoviário de passageiros do Sul do País, com atendimento nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, transportando em média 21 milhões de pessoas/ano. A atividade principal do Grupo é o transporte rodoviário intermunicipal e interestadual de passageiros, mas também possui operações nos segmentos de fretamento a indústrias, turismo, transporte de encomendas rápidas e transporte urbano e metropolitano de passageiros. Além das rodoviárias, o Grupo mantém 370 pontos para venda de passagens, possuindo estrutura de atendimento ao cliente e de manutenção da frota em 23 filiais. A empresa, com 2,5 mil colaboradores, é reconhecida pelos investimentos em novas tecnologias focadas em oferecer mais conforto e comodidade aos passageiros, além de facilidades para compra de passagens online ou por telefone, remarcação de assentos e pagamentos em cartões de crédito e moedas digitais.

Oito anos após fusão, Garcia e Brasil Sul renovam frota e constroem sede

Ônibus de última geração e serviços premium são diferenciais das empresas

O Grupo Viação Garcia e Brasil Sul acaba de completar oito anos da grande fusão de suas empresas, em um momento extremamente positivo e com o inestimável reconhecimento de ter a frota mais nova do País em operação – hoje composta por 800 ônibus, com idade média de um ano. O presidente José Boiko e o vice-presidente Estefano Boiko Jr, comemoram os resultados obtidos nestes anos e projetam o retorno do movimento aos níveis pré-pandemia.
De 2014 até o momento, as empresas adquiriram 675 ônibus, com investimento de R$ 440 milhões. Uma moderna sede está sendo construída em Londrina, uma obra de 16 mil m² e investimento de R$ 40 milhões. Recentemente, uma ampla garagem inaugurada em Maringá recebeu recursos de R$ 25 milhões.

Com 2,5 mil colaboradores e transporte médio de 22 milhões de passageiros ao ano, nos seus sete Estados de atuação, o Grupo aguarda a regulamentação da nova lei do setor para traçar suas próximas estratégias de médio e longo prazo. “Queremos entender como será o novo cenário do transporte rodoviário terrestre para adequarmos as nossas projeções e seguirmos neste ritmo de crescimento”, adianta  Estefano.

Desafios

Em 2014, a Garcia completava 80 anos em meio a uma grave crise financeira. A Brasil Sul, criada em 2004, estava em franca ascensão. A fusão se deu de modo pouco convencional: a empresa de menor porte adquiriu a sua maior concorrente, a Viação Garcia, e o resultado que se vê agora é uma sólida companhia reinventada a partir dessa sinergia, unindo a tradição de uma à modernidade da outra.

“Os desafios da fusão foram, antes de mais nada, equacionar as finanças da empresa, já que a Garcia tinha um passivo elevado naquele momento. Também foi um grande obstáculo integrar as culturas das duas empresas, até então concorrentes. Tivemos que vencer uma certa resistência entre os colaboradores para compatibilizar a gestão”, recorda-se o vice-presidente.

A experiência da nova administração teve peso expressivo no processo de recuperação da empresa, com a adoção de medidas para a redução de custos, corte de desperdícios e otimização da frota. “O sucesso se deve também ao comprometimento dos colaboradores. Passada a surpresa inicial, entenderam que a empresa superaria os desafios e se tornaria mais sólida, como ocorreu”, observa José Boiko.

A estrutura administrativa da Garcia, com seu forte potencial operacional, somou-se à expertise da Brasil Sul, com foco em inovações, incorporação de tecnologias, excelência dos serviços. “Isso acelerou a consolidação da ‘nova’ empresa, que rapidamente se estabilizou em um cenário desafiador, marcado por grandes transformações e que exige rapidez na tomada de decisões para a máxima eficiência operacional”, afirma Estefano. 

“Nos eixos”

Saneamento realizado, integração concluída e caminho livre para crescer. “Há apenas oito anos, a situação era totalmente diferente. Por isso o balanço que fazemos é de que os resultados são extraordinários e que tivemos êxito em colocar a empresa nos eixos”, afirma o presidente.

O Grupo investe continuamente na renovação da frota. A compra mais recente foi efetuada no ano passado e, desde novembro, Garcia e Brasil Sul recebem 118 ônibus de última geração (G8 Marcopolo com chassi Mercedes-Benz). O investimento supera R$ 111 milhões. Dos novos ônibus, 31 já estão em operação e, em um prazo de três meses, outros 87 passarão a rodar nas estradas. São carros dos modelos Paradiso 1800 Double Decker, Viaggio e Torino Plus.

Muito além de uma questão estética, a nova frota traz mais segurança às viagens. Os ônibus contam com sensores de acompanhamento das faixas da rodovia, rastreamento em tempo real, sistema automático de frenagem. “Os motoristas são treinados e capacitados permanentemente para conduzir estes veículos de novíssima geração”, enfatiza José Boiko.

O foco do Grupo está voltado para a excelência dos serviços e ampliação crescente do seu público-alvo. Assim, incorporou uma faixa de público do transporte aéreo que tem migrado para o serviço rodoviário ao encontrar conforto de primeira classe e segurança avançada.

Já no início da pandemia, em 2020, a empresa mobilizou os seus gestores e contou com o suporte de especialistas para adotar práticas contra a Covid 19. Incorporou rapidamente medidas de biossegurança ao seu processo operacional, desde a compra da passagem até o desembarque. “Neste novo modelo de negócios, são medidas que vieram para ficar”, resume Estefano.

Inovações e prêmios

A pandemia também atuou como um acelerador de inovações, tendo como reflexo, a mudança no comportamento do consumidor. As vendas digitais, em 2019, no período pré-pandemia, representavam 24,5% do faturamento da empresa. Em 2020, este percentual subiu para 27,1%. Em 2021, um novo salto, desta vez para 33,3%. A expectativa para 2022 é de nova expansão, já que, em um intervalo de apenas três anos, o crescimento foi de quase dez pontos percentuais – o que aponta para um novo padrão de consumo no setor.

Quem viaja em um dos ônibus do Grupo tem a facilidade de compra oferecida através dos canais online (site, telefone, whatsapp e plataformas de vendas), bem como de pagamento em modalidade variadas: dinheiro, cartão, pix ou criptomoedas.

O Check-in digital no é outra comodidade, permitindo ao cliente o embarque com a apresentação de documento com foto, sem necessidade de impressão da passagem. Esta prática foi reconhecida com a conquista, em 2016, do conceituado Prêmio ANTP  – Boas práticas do Transporte Terrestre de Passageiro. No ano anterior, a empresa já havia sido contemplada no mesmo Prêmio na categoria Inovação e Tecnologia pelo produto “Espaço Mulher”, que diz respeito à fileira de poltronas exclusivas para mulheres, que podem viajar com maior tranquilidade.

Inédito no País, o serviço Cabine Cama oferece o conforto de hotel aos passageiros, com reclinação de 180º das poltronas em couro e Kit conforto que leva a assinatura da rede de Hotéis Bourbon. O conjunto inclui travesseiros de alto padrão, tecido percal 180 fios, e manta importada. Tudo higienizado e empacotado a vácuo em embalagem oxibiodegradável a cada viagem. O kit conferiu à empresa a menção honrosa na 7ª edição do Prêmio ANTP-ABRATI, na categoria “Satisfação do Cliente”.

Para agregar em conforto, privacidade e segurança, o serviço Cabine Cama ainda conta com cortinas individuais entre os assentos, Wifi 4G, tomadas e telas de LCD individuais com filmes e músicas, fone de ouvido, temperatura ideal com sistema de ar condicionado e serviço de bordo com água, suco, refrigerante e petiscos. E o importante diferencial da viagem garantida, o que não ocorre com o modal aéreo.

Invicta desde a primeira edição, Viação Garcia lidera o “Top de Marcas”

Com 66,2% das menções, empresa é a primeira na mente dos londrinenses no segmento rodoviário de passageiros

A Viação Garcia é a primeira marca que vem à mente dos londrinenses, segundo a pesquisa anual “Top de Marcas”. A empresa recebeu 66,2% das menções no levantamento realizado pela Litz Estatísticas e Marketing e CRCom, feito entre agosto e setembro deste ano, envolvendo dez categorias de negócios e 68 segmentos de consumo em Londrina.

A Viação Garcia está invicta na pesquisa desde que foi iniciado o levantamento no segmento “ônibus rodoviário”, em 2004, sempre lembrada em primeiro lugar. No recorte “Top Mais”, incluído no levantamento a partir de 2013 e que aponta a marca mais lembrada entre todos os setores, a Viação Garcia também lidera desde o início.

Nesta edição foram ouvidos moradores de todas as regiões da cidade, levando em conta cotas por sexo, idade e escolaridade orientadas por dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). As cotas por renda social foram definidas com base nas indicações do IPC Maps que aponta o potencial de consumo das cidades. A estratificação permite assegurar um nível de confiança da pesquisa de 95%.

Na dianteira

O Top de Marcas 2023 traz dados ainda mais positivos para a Viação Garcia do que o levantamento anterior. A empresa, que liderou em 2022 com 58,7% das menções dos entrevistados, agora teve este índice elevado para 66,2%, ampliando a sua vantagem. O “top três” tem, além da Viação Garcia em primeiro lugar, a marca mais famosa de refrigerantes, a Coca-Cola (lembrada por 59,8% dos entrevistados), na segunda posição. A Folha de Londrina (no segmento “jornal impresso”) é a terceira, com 59,2% das citações.

Especificamente no segmento de transporte de passageiros, o percentual de 66,2% confere à Viação Garcia ampla margem sobre a segunda colocada, com 14,5%. Vale lembrar que a pesquisa tem respostas espontâneas, sem que sejam apresentadas alternativas aos entrevistados.

O vice-presidente Estefano Boiko Junior diz que o resultado do Top de Marcas 2023 é um importante indicativo de credibilidade da empresa junto aos clientes. “A reiterada liderança em todos esses anos indica a confiança do consumidor, o mais importante reconhecimento que uma empresa pode ter”, observa.

A gerente de Comunicação e Marketing da Viação Garcia e empresas coligadas, Juliana Quasne, afirma que a aproximação da marca com os clientes é uma prioridade e, para isto, a tecnologia tem sido uma ferramenta indispensável. “Foco no passageiro é a tônica da empresa, atenta a todas as inovações no sentido de melhorar a experiência do cliente”, completa.

Sobre a Viação Garcia/Brasil Sul – Com sede em Londrina/PR, o Grupo formado pela Viação Garcia, Brasil Sul, Princesa do Ivaí, Santo Anjo e LondriSul atua no setor de transporte rodoviário de passageiros com destinos para Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. A atividade principal é o transporte rodoviário intermunicipal e interestadual de passageiros, mas também realiza operações nos segmentos de fretamento para indústrias, turismo, transporte de encomendas rápidas, transporte urbano e metropolitano de passageiros e revenda de ônibus seminovos.

Endereço: Avenida Celso Garcia Cid, 1.100 – Londrina – Paraná – Telefone: (43) 3373-5252 – SAC 08006427700. Para deficientes auditivos: 0800 642 7700 –  www.viacaogarcia.com.br – www.brasilsul.com.br

Ruth Costa Meira

Viação Garcia/Brasil Sul – Assessoria de imprensa

e-mail: ruth-meira@uol.com.br e ruthmeira01@gmail.com

Telefone e whatsapp: (43) 99102 0611

Londrina – PR 

Viação Garcia/Brasil Sul adquire a empresa Santo Anjo da Guarda

Forte atuação em Santa Catarina e Rio Grande do Sul consolida presença da empresa paranaense no mercado do Sul do País

A Viação Garcia/Brasil Sul, sediada em Londrina (PR), anuncia a aquisição de 49% da empresa de transporte rodoviário Santo Anjo da Guarda, com sede em Florianópolis (SC), e passa a operar as linhas desta companhia a partir desse mês de novembro. A compra será de 100% logo que a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) conceder a anuência prévia para a aquisição integral, como determina a regulamentação do setor.

Com atuação em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a Santo Anjo da Guarda tem um forte nome no mercado do Sul do País e um retrospecto de 76 anos de atuação. Foi a primeira do setor no Brasil a obter certificação oficial instituída pelo Regulamento dos Serviços Rodoviários Interestaduais e Internacionais de Transporte Coletivo de Passageiros, do Ministério dos Transportes, em 1971. “Como a Viação Garcia, é uma empresa rica em histórias e que também carrega um forte legado”, diz o presidente da Viação Garcia/Brasil Sul, José Boiko.

Em 2022, registrou um faturamento de R$ 3,5 milhões mês e R$ 42 milhões no ano. Transporta mais de um milhão de passageiros por ano, tem cerca de 130 funcionários e continuará, sob gestão da Viação Garcia/Brasil Sul, atendendo as principais linhas entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Sinergia

“A transação confirma a estratégia da Viação Garcia/Brasil Sul em reforçar as operações em áreas onde já atua, consolidando a sua presença nessas regiões. A Santo Anjo tem forte sinergia com a Brasil Sul, com linhas em comum e outras que passaremos a operar a partir de agora”, afirma o vice-presidente Estefano Boiko Junior. “A fusão total, que pretendemos efetivar logo que a ANTT autorizar, vai permitir a otimização do serviço e da logística”, explica.

Sobre novos planos de expansão, a direção da Garcia/Brasil Sul informa que aguarda a regulamentação do Transporte Regular Rodoviário Coletivo Interestadual de Passageiros (TRIP), em análise na tramitação do marco regulatório do setor. “Há muita insegurança jurídica por conta dessa indefinição e isso trava negociações que poderiam estar em curso”, diz o vice-presidente.

No caso da empresa Santo Anjo da Guarda, agora incorporada à Garcia/Brasil Sul, ele diz que se trata de uma oportunidade de reforçar a atuação do grupo nesses relevantes Estados. “Pretendemos aproveitar todo o know how, tradição e experiência da empresa para fortalecermos nossa posição nessa região”, afirma Estefano Boiko Junior.

História

O nome da empresa não tem conotação religiosa, como pode parecer. É uma homenagem à localidade de Santo Anjo da Guarda, onde foi fundada, a 12 quilômetros do município de Tubarão (SC). O local abriga famosas águas termais: as “Termas da Guarda”, que contam com infraestrutura turística.

A empresa foi fundada em 24 de fevereiro de 1947 por Herbert Falk, que percebeu a demanda por transporte de moradores do Rio Grande do Sul que visitavam Tubarão e se hospedavam em seu hotel. Em 1951, o fundador transferiu a empresa para os irmãos Damiani, que investiram em frota, adquiriram novas concessões e passaram a realizar também o transporte de cargas, interrompido um tempo depois.

A Santo Anjo mudou de mãos novamente em 2014, quando foi adquirida por Sérgio Tadeu Pereira e seu filho Carlos Henrique Pastro Pereira. Passou a integrar, então, o grupo gaúcho formado ainda pelas empresas Navegantes, Sogil e Visate. Em 2015, a Santo Anjo da Guarda teve a sua sede transferida para a capital de Santa Catarina, Florianópolis.

Atua no transporte rodoviário de passageiros e a sua principal linha é a ligação entre duas capitais do Sul do País: Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS). Também presta serviços de locação de ônibus, transporte de encomendas e venda de ônibus seminovos.

Sobre a Viação Garcia/Brasil Sul – Com sede em Londrina/PR, o Grupo formado pela Viação Garcia, Brasil Sul, Princesa do Ivaí e LondriSul é o maior do setor de transporte rodoviário de passageiros do Sul do País, com destinos para Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. A atividade principal é o transporte rodoviário intermunicipal e interestadual de passageiros, mas também realiza operações nos segmentos de fretamento para indústrias, turismo, transporte de encomendas rápidas, transporte urbano e metropolitano de passageiros e revenda de ônibus seminovos.

Endereço: Avenida Celso Garcia Cid, 1.100 – Londrina – Paraná – Telefone: (43) 3373-5252 – SAC 08006427700. Para deficientes auditivos: 0800 642 7700 –  www.viacaogarcia.com.br – www.brasilsul.com.br

Ruth Costa Meira

Viação Garcia/Brasil Sul – Assessoria de imprensa

e-mail: ruth-meira@uol.com.br e ruthmeira01@gmail.com

Telefone e whatsapp: (43) 99102 0611

Londrina – PR 

Marcopolo comemora entrega do milésimo ônibus da Geração 8 à Viação Garcia

Milésimo G8 Viação Garcia

A Geração 8 de ônibus rodoviários da Marcopolo está se firmando como o maior sucesso da indústria brasileira de ônibus dos últimos anos. A fabricante celebra a entrega do milésimo veículo produzido – um Paradiso G8 1800 DD – ao Grupo Viação Garcia e Brasil Sul.

“As empresas são parceiras da Marcopolo há muitos anos. A entrega da nossa unidade 1.000 para um dos maiores compradores do G8 é um marco nas vendas. O veículo comemorativo faz parte do terceiro lote consecutivo de G8 que comercializamos para este grupo, que está em um processo de renovação de sua frota de ônibus rodoviários”, explica Ricardo Portolan, diretor de Operações Comerciais Mercado Interno e Marketing da Marcopolo.

“Lançamos os G8 em um momento difícil para os mercados brasileiro e mundial e, mesmo assim, a sua aceitação foi excepcional e sem precedentes, sobretudo do modelo Double Decker. A nossa satisfação é ainda maior porque o grupo atende rotas com G8 que passam por Caxias do Sul, cidade sede da Marcopolo, e os funcionários e comunidade podem viajar para diversos destinos a bordo de um veículo feito aqui”. explica o executivo.

A milésima unidade da Geração 8 da Marcopolo faz parte de um pedido de 53 novos ônibus da Viação Garcia e Brasil Sul –  28 Paradiso G8 1800 DD, 19 veículos Paradiso G8 1200 e seis Viaggio G7 900, que serão utilizados em linhas rodoviárias interestaduais e intermunicipais e em serviço de fretamento contínuo (Viaggio 900).

Os 28 Paradiso 1800 DD possuem três diferentes configurações. Catorze veículos têm 15 metros de comprimento total e capacidade para 56 lugares, para serviço “Cabine Cama”, sendo 48 poltronas semileitos no piso superior e oito poltronas leito-cama Next com massageador no piso inferior. Os ônibus são equipados com sanitário, sistema de ar-condicionado quente-frio e de mídia, com monitores em ambos os pisos, e tomadas elétricas de 110 volts, no porta-pacotes, no piso superior, e na parede da poltrona leito-cama, no piso inferior.

Onze unidades têm configuração para 52 lugares, para serviço “Cabine Cama”, sendo 44 poltronas semi leito no piso superior e oito poltronas Leito-Cama Next com massageador no piso inferior. Possuem ainda sanitário, sistemas de ar-condicionado quente-frio e de mídia com monitores em ambos os pisos, e tomadas elétricas de 110 volts no porta-pacotes do piso superior, e na parede da poltrona, no piso inferior, além de cortinas plissadas nas janelas e entre as poltronas em ambos os pisos.

Três ônibus 1800 DD têm 15 metros de comprimento total e capacidade para 40 lugares, para serviço “Leito Plus”, sendo 30 poltronas Leito e duas poltronas Leito-Cama Next com massageador, no piso superior, e oito poltronas Leito-Cama Next com massageador no piso inferior. Também contam com sanitário no piso superior, sistemas de ar-condicionado quente-frio e de mídia, com monitores em ambos os pisos, tomadas elétricas de 110 volts no porta-pacotes do piso superior, e na parede da poltrona no piso inferior, além de cortinas plissadas nas janelas e entre as poltronas no piso superior e inferior, e itinerário eletrônico.

Os 19 Paradiso G8 1200 têm capacidade para 44 lugares, para serviço “Semi Leito”, com poltronas semi leito Super Soft, sanitário, sistemas de ar-condicionado quente-frio e de mídia com preparação para rádio, monitores e DVD, tomadas elétricas de 110 volts no porta-pacotes, cortinas plissadas nas janelas e parede de separação do salão com porta de correr.

Para utilização em serviços de fretamento contínuo, os seis Viaggio G7 900 possuem configuração para 51 lugares, com poltronas do modelo Executiva 1060, sistema de ar-condicionado, parede de separação do salão com porta de correr, vidros colados, cortinas em tecido liso e tomadas 110 volts no porta-pacotes.

Com sede em Londrina (PR), o Grupo formado pela Viação Garcia, Brasil Sul, Princesa do Ivaí e LondriSul é o maior do setor de transporte rodoviário de passageiros do Sul do País, com destinos para Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. A atividade principal é o transporte rodoviário intermunicipal e interestadual de passageiros, mas também realiza operações nos segmentos de fretamento para indústrias, turismo, transporte de encomendas rápidas, transporte urbano e metropolitano de passageiros e revenda de ônibus seminovos.

Endereço: Avenida Celso Garcia Cid, 1100 – Londrina – Paraná – Telefone: (43) 3373-5252 – SAC 08006427700. Para deficientes auditivos: 0800 642 7700 –  www.viacaogarcia.com.br – www.brasilsul.com.br

Ruth Costa Meira

Viação Garcia/Brasil Sul – Assessoria de imprensa

e-mail: ruth-meira@uol.com.br e ruthmeira01@gmail.com

Telefone e whatsapp: (43) 99102 0611 Londrina – PR